Ripanço 2017 (750ml)

Ripanço 2017 (750ml)

Disponível

Produtor: José Maria da Fonseca.

Classificação: Tinto.

Uva(s): 40% Aragonez, 35% Trincadeira , 14% Syrah e 11% Alicante Bouschet.

País: Portugal.

Características Organolépticas:
Coloração rubi intenso. Exibe frutado limpo, figos maduros, violeta, menta, baunilha. Bom corpo e estrutura, muito equilibrado, taninos suaves e acidez suculenta, que amplifica a fruta no final de boca.

R$138,90

Quantidade:

Ripanço


Região: Alentejo.


Classificação Legal: Vinho Regional Alentejano I.G.A.


Graduação Alcoólica: 12,5ºGL.


Amadurecimento: 6 meses em barricas francesas e americanas.


Estimativa de Guarda: 5 anos.


Temperatura de Serviço: 16ºC.


Características Climáticas: Clima de características mediterrâneas com alguma continentalidade sobretudo durante o verão.


Características do Solo: Predominantemente granítico.


Elaboração: Uvas desengaçadas manualmente na mesa de ripanço.A fermentação acontece em grandes cubas de aço inox a uma temperatura de 28°. O vinho é transferido para as barricas usadas de carvalho francês e americano.


Sugestões de Harmonização: Coelho do Porto Santo à caçador; Arroz de pato; Bacalhoada; Feijoada à trasmontana; Pizzas com recheios mais saborosos; Costela gaúcha.


Porque Comprar Esse Vinho:




  • José Maria da Fonseca: o mais antigo produtor de vinhos de mesa e moscatéis em Portugal realiza o sonho de produzir vinhos no Alentejo.

  • Enólogo renomado e inovador: Domingos Soares Franco.

  • Utiliza a técnica ancestral do ripanço, que remonta aos tempos romanos, tradicionalmente utilizada no sul de Portugal.



Página Oficial do Produtor: www.jmf.pt


Um Pouco Sobre o Produtor:


Quando chegou em Vila Nogueira de Azeitão, José Maria da Fonseca jamais poderia vislumbrar o império que se tornaria sua empresa, que hoje na sexta e sétima geração mantém firme a liderança da casa na produção de Moscatéis de Setúbal, além de defender o título de mais antiga vinícola produtora de vinho de mesa em Portugal. A empresa desde seus primeiros anos despontou com inovadoras técnicas de vitivinicultura, introdução de novas castas, em especial a Castelão Francês e melhorias substanciais na produção dos Moscatéis.


Entre alguns dos maiores responsáveis pelo novo posicionamento qualitativo da empresa, é imprescindível destacar dois grandes nomes. Ao primeiro deles António Porto Soares Franco, homem visionário e enólogo diplomado em Montpellier, deve-se o surgimento de duas marcas famosas de vinhos rosados: Faísca e Lancers. Este último lançado em 1944 nos EUA foi o primeiro “best-seller” a nível internacional da JMF e mantém-se ainda hoje como líder de vendas no mercado americano dentro do seu segmento. Já Domingos Soares Franco – enólogo e vice-presidente – é o mais novo representante da sexta geração da família que gere a José Maria da Fonseca. Estudou em Davis na Califórnia e começou a trabalhar na JMF no início dos anos 80. Desde então vem introduzindo inúmeras técnicas na produção dos vinhos, tornando-se um dos mais revolucionários enólogos da atual geração em Portugal.


Hoje a JMF maneja mais de 650 ha de vinhedos na Península de Setúbal, Alentejo e Douro e conta com um moderno centro de vinificação para 6,5 milhões de litros, o que garante uma qualidade sustentável de produção dos seus vinhos, fazendo mais e melhor!

Carrinho
Fechar

O carrinho está vazio