Domingos Soares Franco Moscatel Roxo 2006 (750ml)

Início/Produtor/José Maria da Fonseca/Domingos Soares Franco Moscatel Roxo 2006 (750ml)

Domingos Soares Franco Moscatel Roxo 2006 (750ml)

Disponível

Produtor: José Maria da Fonseca.

Classificação: Fortificado e Licoroso.

Uva(s): 100% Moscatel Roxo.

País: Portugal.

Características Organolépticas:
Cor topázio escura. Muito perfumado com doce de laranja, tabaco, baunilha e ao fundo a qualidade da aguardente remete a grandes destilados. Doce, mas muito fresco. Equilíbrio impressionante.

R$323,90

Quantidade:

Domingos Soares Franco Moscatel Roxo


Região: Península de Setúbal.

Classificação Legal: Moscatel Roxo D.O.C.

Graduação Alcoólica: 17ºGL.

Amadurecimento: Em cascos e tonéis de madeira velha.

Estimativa de Guarda: Pronto para consumo, mas também pode ser guardado por mais de 20 anos.

Temperatura de Serviço: 10-16°C.

Características Climáticas: Setúbal tem um clima misto, subtropical e mediterrânico, com fracas amplitudes térmicas. Insolação anual: 2.200 horas. Pluviometria anual: 500-700 mm.

Características do Solo: Argilo-calcário.

Elaboração: Vindima. Desengace e fermentação. Interrupção do processo por adição de aguardente vínica. Maceração pelicular por 4 meses. Amadurecimento. Não filtrado. Engarrafado em Dezembro de 2012.

Sugestões de Harmonização: Doçaria portuguesa. Tartelette de chocolate amargo com zest de laranja confitada. Companhia excelente para um Monte Pascoal Robusto.

Porque Comprar Esse Vinho:

  • José Maria da Fonseca: O mais antigo produtor de vinhos de mesa e também moscatéis em Portugal.

  • Enólogo renomado e inovador: Domingos Soares Franco

  • Moscatel de um clone raro, sedutor e inesquecível!


Página Oficial do Produtor: www.jmf.pt

Um Pouco Sobre o Produtor:

Quando chegou em Vila Nogueira de Azeitão, José Maria da Fonseca jamais poderia vislumbrar o império que se tornaria sua empresa, que hoje na sexta e sétima geração mantém firme a liderança da casa na produção de Moscatéis de Setúbal, além de defender o título de mais antiga vinícola produtora de vinho de mesa em Portugal. A empresa desde seus primeiros anos despontou com inovadoras técnicas de vitivinicultura, introdução de novas castas, em especial a Castelão Francês e melhorias substanciais na produção dos Moscatéis.

Entre alguns dos maiores responsáveis pelo novo posicionamento qualitativo da empresa, é imprescindível destacar dois grandes nomes. Ao primeiro deles António Porto Soares Franco, homem visionário e enólogo diplomado em Montpellier, deve-se o surgimento de duas marcas famosas de vinhos rosados: Faísca e Lancers. Este último lançado em 1944 nos EUA foi o primeiro “best-seller” a nível internacional da JMF e mantém-se ainda hoje como líder de vendas no mercado americano dentro do seu segmento. Já Domingos Soares Franco – enólogo e vice-presidente – é o mais novo representante da sexta geração da família que gere a José Maria da Fonseca. Estudou em Davis na Califórnia e começou a trabalhar na JMF no início dos anos 80. Desde então vem introduzindo inúmeras técnicas na produção dos vinhos, tornando-se um dos mais revolucionários enólogos da atual geração em Portugal.

Hoje a JMF maneja mais de 650 ha de vinhedos na Península de Setúbal, Alentejo e Douro e conta com um moderno centro de vinificação para 6,5 milhões de litros, o que garante uma qualidade sustentável de produção dos seus vinhos, fazendo mais e melhor!
Carrinho
Fechar

O carrinho está vazio